quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Diego Ventura regressa a Portugal


O rejoneador que está na moda Diego Ventura regressa ao Campo Pequeno no próximo dia 2 de Setembro onde irá partilhar o cartel com os cavaleiros António Telles e Francisco Palha.
Os grupos de forcados que pegarão seis toiros da ganadaria Maria Guiomar Cortes Moura, serão os de Vila Franca e de Coruche, capitaneados respectivamente pelos cabos Ricardo Castelo e Amorim Ribeiro Lopes.

Crónica corrida de toiros dia 21 de Agosto

Não percam no próximo dia 1 de Setembro, a crónica da corrida de toiros realizada na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré!!!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Toureio a Pé (Parte 2)

Como vos prometi aqui têm alguns dos passes que se utilizam no toureio a pé.
As sortes de cada tércio e o modo como se executam.


Toureio de Capote

Chicuelina

Depois da Verónica, a chicuelina é o lance que mais se executa na actualidade por matadores de toiros e novilheiros, pela sua vistosidade e espectacularidade. Esta sorte realiza-se citando o toiro de frente, com os braços abertos e semi-estendidos para a frente. O cite deve fazer-se a uma distância que permita ao diestro, quando o toiro arranca, marcar-lhe a saída a qualquer dos lados, com um movimento de braços. Quando o toiro passa em volta do corpo do toureio, este simultaneamente gira em sentido contrário.





Gaonera

O diestro coloca-se, com as duas mãos a agarrarem o capote por trás das costas, para que o toiro passe alternadamente o toureiro. Na lateral, o capote é mostrado ao toiro para que ele passe pela direita.







Toureio de Muleta

Natural
È um passe dado com a muleta na mão esquerda e que normalmente funciona assim:
Segurando a muleta com a mão esquerda aproximando a muleta calmamente para que depois na hora do cite do toureiro o toiro invista na muleta pelo lado esquerdo do
toureiro.





Derechazo

É um passe dado com a muleta na mão direita e que se executa:
Com a muleta na mão direita, o diestro aproxima calmamente a muleta para que no cite do toureiro, o toiro arranque pelo lado esquerdo do toureiro.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Toureio a pé

Hoje venho-vos dar a conhecer como é composto o toureio a pé.

É composto por três tércios:

- o primeiro tem o nome de tércio de capote e sorte de varas( tércio proibido em Portugal)

- o segundo é o tércio de bandarilhas

- o terceiro e último é o tércio de muleta seguida de estocada( em Portugal simula-se com uma bandarilha aquela que seria a morte do toiro).

Daqui a alguns dias iremos aprofundar mais aspectos técnicos do toureio a pé!!!

Corrida de Toiros inserida nas Festas em honra de NªSenhora da Nazaré (Actualizado)

Realiza-se no próximo dia 11 de Setembro, pelas 22h15 na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré, mais uma corrida de toiros.
O cartel será composto pelos cavaleiros Manuel Caetano, Duarte Pinto e o matador de toiros Luís Vital "Procuna".
Os grupos de forcados que irão pegar seis toiros das seguintes ganadarias: Casa Prudêncio, António Silva, Branco Núncio, Infante da Câmara e Campos Peña, serão os de Alcochete e de Caldas da Rainha capiteaneados respectivamente pelos cabos Vasco Pinto e Nuno Vinhais.

"Bombero Torero" na Nazaré

Realiza-se na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré, no próximo dia 5 de Setembro pelas 17h00 um espectáculo cómico-taurino com o grupo "El Bombero Torero" e seus anões toureiros.

sábado, 21 de agosto de 2010

Hoje mais uma corrida de toiros na Nazaré

Realiza-se hoje pelas 22h15 na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré mais uma excelente corrida de toiros.
O cartel será composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Paulo Jorge Santos e Manuel Ribeiro Telles Bastos.
Pegarão os seis toiros da ganadaria eng.Jorge Mendes, os grupos de forcados amadores de Santarém e de Montemor.

Não falte a mais uma excelente corrida de toiros !!!!!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Corrida de Toiros dia 21 de Agosto na Nazaré


Realiza-se no próximo sábado dia 21 de Agosto pelas 22h15, na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré, mais uma excelente corrida de toiros.
O cartel será composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Paulo Jorge Santos e Manuel Telles Bastos.
Pegarão os seis toiros da ganadaria eng.Jorge Mendes, os grupos de forcados amadores de Santarém e Montemor.

Não falte a mais uma excelente corrida de toiros!!!

Duarte Pinto vai subindo como figura do toureio nacional


Realizou-se no passado sábado dia 7 de Agosto, a quarta corrida de toiros da temporada 2010 na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré. O cartel foi composto pelos cavaleiros: Luís Rouxinol, Duarte Pinto e Francisco Palha. Pegaram os seis toiros da ganadaria Casa Prudêncio, os grupos de forcados amadores de Vila Franca e de Coruche.
Abriu praça Luís Rouxinol, calhou ao cavaleiro de Pegões um toiro quase manso, completamente desinteressado da lide. Rouxinol teve de puxar dos galões para poder sair por cima do seu oponente. No seu segundo toiro deu para ver toda a sua categoria enquanto cavaleiro, apanhou um toiro à medida para poder triunfar e foi o que aconteceu logo desde início na altura da ferragem comprida com o toiro a corresponder ao cite do cavaleiro arrancando-se bem na hora da reunião.
Nos ferros curtos montando um craque da sua quadra o cavalo “Ulisses”, Rouxinol tirou tudo o que o toiro tinha de bravura, escolheu bem os terrenos para colocar o toiro na execução das sortes. Para o culminar de uma lide bastante positiva Luís Rouxinol cravou um sempre vibrante par de bandarilhas, empolgando os aficionados presentes que encheram por completo a castiça praça nazarena.
Cumpriu bem tanto na ferragem comprida como curta. A segunda lide da noite esteve a cargo do cavaleiro Duarte Pinto, que tem um toureio frontal que muito entusiasma os aficionados, entendeu-se bem com o toiro que lhe calhou em sorte lidou-o da melhor forma possível, nem a queda aparatosa que teve beliscou a sua boa actuação.
No seu segundo toiro, esteve uns furos acima da lide do seu primeiro, andou sempre por cima do seu oponente com muita qualidade, que arrancava de forma larga, investindo bem, dando brilho na hora da cravagem dos ferros. Duarte Pinto a fazer valer também os conhecimentos adquiridos de seu pai que foi uma lenda do toureio a cavalo, o cavaleiro Emídio Pinto. Francisco Palha foi o terceiro cavaleiro a actuar, pisando em terrenos para deixar o toiro colocado para a cravar a ferragem, no momento da reunião cravava a ferragem, com batidas ao piton contrário, dando assim algum brilho à sua actuação. Também teve azar na sua lide, quando teve queda aparatosa curiosamente no mesmo local onde Duarte Pinto tinha caído. No seu segundo toiro manteve a toada da primeira lide, sempre correcto na eleição dos terrenos e na altura da cravagem. Cravou dois pares de bandarilhas de boa nota, de seguida teve momento de espectacularidade com uma mão a segurar o tricórnio e a outra a segurar um ferro de palmo cravando em bom plano o ferro de palmo. No que diz respeito às pegas, a segunda da noite esteve entregue a Miguel Raposo do grupo de Coruche, com o forcado da cara a executar pega à córnea, pega muito vistosa. A terceira da noite esteve a cargo do forcado Paulo Conceição do grupo de Vila Franca, que fez boa pega fechando-se à córnea. A quarta pega foi realizada pelo forcado Alberto Simões do grupo de Coruche que fez uma grande pega à barbela, aguentou forte de derrote do toiro e deixou-se ir com as pernas completamente no ar até ao restante grupo. A pega da noite foi realizada pelo forcado Nuno Comprido do grupo de Vila Franca, ao quinto toiro da noite. Recebeu o toiro à barbela com o grupo todo a ficar no chão com o forcado a aguentar fortes derrotes do toiro, até que o restante grupo restabelece-se. Os toiros da ganadaria Casa Prudêncio continham muita força, deram boas lides e triunfos aos cavaleiros, à excepção do primeiro toiro lidado pelo cavaleiro Luís Rouxinol, toiro muito parado e desinteressado da lide. Em declarações exclusivas ao jornal Região da Nazaré, Luís Rouxinol disse que “a Nazaré tem bastante aficion estou bastante feliz, é uma praça onde tenho obtido enormes triunfos, penso que as coisas correram bem o primeiro toiro era muito parado não ajudou muito mas dei-lhe lide adequada, o segundo era complicado apertava penso que estive à altura, penso que o publico ficou satisfeito e quando é assim também fico satisfeito”. Duarte Pinto também falou ao Região da Nazaré” o primeiro toiro era complicado, bravo e penso que a lide foi bastante boa, tive um percalço aquando do cavalo ter escorregado, mas são assim as corridas de toiros são emoção, enquanto na minha segunda lide que para mim foi uma das melhores da época, agarrei bem o toiro de saída, entendi bem o toiro e senti-me muito a gosto”. Francisco Palha na altura da nossa reportagem referiu que “não me senti fácil nos dois toiros, pena que os toiros não ajudaram mais um bocadinho, foi muito emocionante a corrida “. Com Joaquim José Paparrola*

Tauromaquia: Mais duas nocturnas na praça nazarena com a emoção ao rubro


Manuel Caetano mostrou raça e qualidade em terrenos proibidos
Para quem diz que a tradição das touradas já não é o que era em tempos, experimentem vir assistir a grandes momentos de arte equestre à Nazaré.

Bruno Paparrola *

Realizou-se no passado sábado dia 14 de Agosto na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré, mais uma corrida de toiros da temporada 2010. Compuseram o cartel os cavaleiros Tito Semedo, Sónia Matias e Manuel Caetano. Pegaram os seis toiros da ganadaria Eng. Jorge de Carvalho, os grupos de forcados amadores de Azambuja, Portalegre e Alenquer. Abriu praça o cavaleiro Tito Semedo que se exibiu a um bom nível, teve duas lides bastante agradáveis onde fez-se valer pela sua longa experiência. Teve bons momentos de toureio, como foi o caso na sua primeira lide em que cravou dois belíssimos ferros curtos a quiebro. Na sua segunda lide manteve a toada da primeira, construindo uma lide segura com bons momentos de brega e cravando com acerto tanto a ferragem comprida como a curta. Em segundo lugar lidou a cavaleira Sónia Matias que alcançou duas actuações que agradaram muito aos aficionados que marcaram boa presença na castiça praça nazarena. Elegeu bem os terrenos que pisou para deixar o toiro em sorte, cravou as ferragens exemplarmente. De destacar os excelentes ferros em violino colocando em apoteose o público. Manuel Caetano teve quanto a nós duas lides muito positivas. Mostrou ser um toureio de raça, que dá tudo nas suas lides e que não é de receber aplausos fáceis, teve momentos de toureio de excelente nota como na maneira em que conduzia a sua montada só com uma mão, algo que muitas figuras do panorama taurino não fazem. Teve bons momentos de brega, tirou partido das qualidades das suas montadas que deram brilho às suas actuações e entrou por terrenos de compromisso, arriscando e cravando muito bem as ferragens. A destacar a excelente porta gaiola a quiebro, no seu segundo toiro e de vários ferros de boa nota. No que diz respeito às pegas, a primeira da noite esteve a cargo do forcado Ivan Batista do grupo de Azambuja, efectuando uma pega segura pega que executada à barbela.
A segunda pega da noite esteve a cargo do forcado Fernando Rodrigues dos amadores de Portalegre. Pega que foi consumada à 3ª tentativa com o forcado da cara a fechar-se à barbela. O terceiro toiro da noite foi pegado pelo forcado Dinis Carvalho dos amadores de Alenquer. Pega que foi consumada à 2ªtentativa com o forcado da cara a fechar-se à córnea. A quarta da noite foi executada pelo grupo de Azambuja, já com os cabrestos em praça pegaram o toiro. A quinta pega da noite esteve a cargo do forcado Ricardo Almeida dos amadores de Portalegre, que efectuou a pega fechando-se à barbela.
A sexta pega da noite foi executada pelo forcado Pedro Coelho dos amadores de Alenquer, que foi a vencedora do concurso de pegas. Em relação aos toiros da ganadaria do Eng.Jorge de Carvalho, deram boas lides e demonstraram enorme bravura.
Em declarações exclusivas ao Região da Nazaré, o cavaleiro Manuel Caetano disse” a lide do primeiro toiro, foi a que eu gostei mais porque o toiro não era fácil tinha de se andar ligado com ele e eu com o cavalo ruço Trovador consegui mandar no toiro só assim é que este acabou por servir. No segundo toiro gostei da porta gaiola acho que foi bastante boa pelo menos senti isso, nos outros dois ferros o cavalo esteve bastante bem e o Falcão o cavalo castanho penso que esteve excepcional, considero que tive um triunfo redondo aqui na Nazaré o mais importante foi que o público ficou satisfeito e gostou é por isso que eu ando cá, para satisfazer as pessoas fazê-las emocionarem-se e vibrarem com aquilo que eu faço, essa é a minha razão de cá andar”. No momento da nossa reportagem os cavaleiros Tito Semedo e Sónia Matias já não se encontravam na praça.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

domingo, 15 de agosto de 2010

Corrida de toiros na RTP

Amanhã (segunda-feira)a RTP leva a cabo mais uma transmissão de corrida de toiros.
A partir das 22horas realiza-se na Praça de Toiros de Arruda dos Vinhos mais corrida de toiros da temporada 2010.
O cartel é composto pelos cavaleiros João Moura, João Telles Jr. e Tiago Carreiras.
Pegarão os seis toiros da ganadaria Conde de Cabral, os grupos de forcados amadores de Vila Franca e de Coruche, capitaneados respectivamente pelos cabos Ricardo Castelo e Amorim Ribeiro Lopes.

Não perca mais uma excelente corrida de toiros!!!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Corrida de toiros na Nazaré


Realiza-se amanhã na Praça de Toiros da do Sitío da Nazaré pelas 22h15, mais uma corrida de toiros da temporada 2010.

O cartel irá ser composto pelos cavaleiros: Tito Semedo, Sónia Matias e Manuel Caetano. Pegarão os seis toiros da ganadaria Eng.Jorge de Carvalho, os grupos de forcados amadores de Azambuja, Portalegre e Alenquer.

Corrida de toiros que terá a cobertura como sempre do blog Quiebros e Chicuelinas!!!

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Programas sobre tauromaquia na TV

Venho-vos aconselhar alguns programas tauromáquicos que podem ver na televisão.

Programa Tauromáquico: Tendido Cero aos sábados às 13h15 (12h15 hora portuguesa) na TVE.

Arte e Emoção aos sábados às 19h na RTP 2.

Mais uma corrida de toiros na televisão

A RTP irá continuar com as transmissões de corridas de toiros, segunda feira dia 16 de Agosto pelas 22horas realiza-se na Praça de Toiros de Arruda dos Vinhos mais uma corrida de toiros da temporada 2010.
O cartel irá ser composto pelos cavaleiros: João Moura, João Telles Jr. e Tiago Carreiras. Irão pegar os seis toiros da ganadaria Conde de Cabral, os grupos de forcados amadores de Vila Franca e de Coruche capitaneados respectivamente pelos cabos Ricardo Castelo e Amorim Ribeiro Lopes.

Corrida de Toiros na RTP

Amanhã (quarta feira dia 11 de Agosto)a RTP transmite em directo de Albufeira pelas 22h a Corrida Algarve, o cartel será composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Luís Rouxinol, Sónia Matias, Ana Batista, Manuel Ribeiro Telles Bastos e o cavaleiro praticante Tomás Pinto.
Pegarão os seis toiros da ganadaria Sesmarias Velhas, os grupos de forcados amadores de Montemor e de Lisboa, capiteaneados respectivamente pelos cabos José Maria Cortes e Pedro Maria Gomes.

Não perca !!!

Crónica da corrida de toiros de dia 7 de Agosto e dia 14 de Agosto

Não percam na próxima quarta feira dia 18 de Agosto as crónicas das duas primeiras corridas de toiros do mês de Agosto, que se realizaram na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Corrida de Toiros dia 14 de Agosto


As corridas de toiros na Nazaré continuam já no próximo sábado dia 14 de Agosto pelas 22h15, com o cartel a ser composto pelos cavaleiros: Tito Semedo, Sónia Matias e Manuel Caetano.
Pegarão os seis toiros da ganadaria Jorge de Carvalho, os grupos de forcados amadores da Azambuja, Portalegre e de Alenquer.

Não falte !!!

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Tauromaquia: Num espectáculo de variedades taurinas



Rui Guerra destacou-se na Nazaré
Nos próximos dias 7 e 14 de Agosto vão acontecer mais duas grandes corridas de toiros que prometem aquecer as noites nazarenas

Bruno Paparrola*

Realizou-se no passado sábado dia 24 de Julho, na Praça de Toiros do Sitio da Nazaré, um espectáculo de variedades taurinas, com um cartel composto pelos seguintes cavaleiros: Tiago Lucas, Miguel Tavares, Rui Guerra (cavaleiros praticantes) e a cavaleira amadora, Verónica Cabaço. Pegaram os quatro toiros da ganadaria Manuel Dias, os grupos de forcados amadores de Cuba e do Redondo.
Abriu praça o cavaleiro praticante Tiago Lucas, tendo uma lide onde o toiro não colaborou, revelando-se um toiro desinteressado, o cavaleiro oriundo da Chamusca incutiu muita raça e determinação na sua lide que bem tentou nos ferros curtos sacar alguma coisa de bom ao toiro. Com um cavalo que tem um potencial enorme nas lides dos toiros, esta montada é muito bom nas batidas ao piton contrário, e foi com esta situação que Tiago Lucas tentou aproveitar para poder sair com algum brilho da sua lide. Cravou a ferragem com algum brilho tanto comprida como curta.
A segunda lide esteve a cargo de Miguel Tavares, que bem tentou dar a volta a um toiro parecidíssimo ao primeiro, quase sem bravura, não investindo nos capotes dos bandarilheiros, Miguel bem tentou dar a volta por cima, mas acabou por sair prejudicado, por um toiro sem “chama”. Esteve correcto na cravagem das sortes.
Lidou em terceiro lugar o cavaleiro Rui Guerra, que teve quanto a nós a melhor prestação da noite, teve a colaboração de um toiro que arrancava bem para os capotes, e na altura do cite do cavaleiro, Rui Guerra andou sempre interligado com o toiro, escolhendo bem os terrenos para deixar o mesmo pronto para a execução das sortes. De destacar o ferro de violino que cravou, pondo em êxtase o pouco público presente na castiça praça de toiros nazarena. Cravou bem as ferragens. Por último, toureou a cavaleira amadora Verónica Cabaço, que mostrou bons pormenores, pena foi ter tido dois erros técnicos na cravagem de dois ferros compridos, ficando os ferros inteiros no murrilho do toiro. De resto foi uma lide bastante agradável que muito entusiasmou os aficionados presentes naquele tauródromo, cravando a ferragem curta em grande estilo.
No que diz respeito às pegas a primeira da corrida esteve a cargo de Hugo Figueira dos forcados amadores de Cuba. Pega que foi consumada à terceira tentativa, e executada à barbela, com o forcado da cara a aguentar um derrote forte do toiro, na altura da reunião. A segunda pega da corrida esteve a cargo de Miguel Sabino dos amadores do Redondo, pega que foi consumada à quarta tentativa, com os ajudas a carregarem, e a contarem com apoio dos forcados de Cuba, sinal de uma grande espírito de camaradagem. A terceira pega da noite foi consumada por Rui Grilinho, dos amadores do Redondo, que fez uma grande pega, agarrando o toiro à barbela, aguentando vários derrotes fortes do toiro na hora da reunião. A quarta e última pega esteve a cargo de Óscar Fitas dos amadores de Cuba, pegando o toiro à córnea, com o grupo bem a ajudar o forcado.
Uma última nota, todos os toureiros demonstraram enorme potencial, para que no futuro possam ser grandes figuras do panorama taurino nacional, há que corrigir alguns erros normais para toureiros tão novos, que querem singrar na tauromaquia nacional. Em relação aos toiros da ganadaria Manuel Dias, o terceiro e quarto da corrida foram os mais, esclarecidos, dando boas lides aos toureiros. Os aficionados podem consultar estas e outras reportagens sobre tauromaquia nos sites: www.regiaodanazare.com, ou em: http//:quiebrosechicuelinas.blogspot.com. Com Joaquim José Paparrola.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Crónica das variedades taurinas do dia 24 de Julho

Não percam amanhã a crónica do espectáculo de variedades taurinas realizado no passado sábado dia 24 de Julho, na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré.

Mais uma excelente corrida de toiros na Praça de Toiros do Sitio da Nazaré

É já no próximo sábado dia 7 de Agosto, que se realizará mais uma corrida de toiros na Praça de Toiros do Sitio da Nazaré. O cartel irá ser composto pelos cavaleiros: Luís Rouxinol, Duarte Pinto e Francisco Palha. Pegarão os seis toiros da ganadaria Casa Prudêncio, os grupos de forcados amadores de Vila Franca e de Coruche, capitaneados respectivamente por Ricardo Castelo e Amorim Ribeiro Lopes. Corrida que está a ser aguardada com enorme expectativa.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Acabaram as corridas de toiros na Catalunha e Diego Ventura teve um grande triunfo no Montijo

Estava eu sentado no sofá a ver um programa de tauromaquia num canal espanhol, quando um jornalista desse mesmo canal referiu que as touradas tinham sido abolidas na Catalunha. Fiquei pasmado com aquela notícia, de seguida mostraram uma peça com a Monumental Praça de Toiros de Barcelona, repleta de milhares de aficionados revoltados com esta situação. Via-se pessoas emocionadas, até mesmo toureiros oriundos da Catalunha, ao mesmo tempo erguiam-se nas bancadas faixas, a mostrarem descontentamento, por uma decisão politica que veio acabar com uma tradição, repito tradição de muitos e muitos anos de toiros na Catalunha. Como aficionado espero que revejam a situação da abolição das touradas na Catalunha, porque faz falta à Festa, repito Festa as corridas de toiros realizadas na Catalunha.

Imagino o contentamento dos anti-taurinos, contentamento ligeiro já que há mais aficionados do que anti-taurinos por todo o mundo, deixem-nos andar, porque nós AFICIONADOS, somos mais fortes que eles todos. Para verem como as touradas são uma arte, são lindas, desloquei-me com o meu pai até ao Montijo na passada sexta feira, para ver ao vivo o rejoneador Diego Ventura, era grande a ilusão que tinha para ver as lides de um artista fora de série. Antes de entrar na praça de toiros, desloquei-me até ao local onde os cavaleiros davam os últimos retoques nos cavalos antes da corrida começar.
Até metia impressão, tudo à volta de Diego Ventura, para tirar fotos para futuras recordações. É então que o cornetim tocou para que Diego Ventura entrasse na arena montando a égua Triana para dar inicio à sua lide, público todo ansioso para que começasse a lide. A meio da lide Diego teve dois pormenores mágicos, montando o cavalo Distinto (cavalo especialista na sorte em quiebros), o rejoneador luso-espanhol, chamou pelo toiro, e o toiro como já preparando uma colhida ao cavalo de Diego, aproximou-se devagar do cavalo e do rejoneador e no momento que investiu, o “Furacão” como é apelidado no mundo taurino, cravou uma bandarilha a quiebro, pondo em apoteose o público que esgotou a Monumental do Montijo. O outro momento de destaque foi quando o público já reclamava, pelo cavalo Morante ( cavalo que morde os toiros), e Diego fez a vontade, cravou dois ferros a quarteio e no momento que se estava a recriar com o toiro, o cavalo Morante deu uma mordidela no toiro pondo em êxtase os aficionados na castiça praça montijense.
Paulo Caetano teve uma noite onde nem tudo lhe correu da melhor forma,
esteve correcto em colocar o toiro sempre no sitio certo para poder executar as sortes, fez valer a sua longa experiência sempre no topo do panorama taurino nacional, esteve melhor no segundo toiro, onde deu tudo e logo assim teve uma noite positiva.
O cavaleiro Francisco Palha radicado à alguns meses na "casa" de Diego Ventura, mostrou o que o rejoneador lhe tem ensinado, começou aquando da cravagem dos ferros compridos a bregar a circulos um dos movimentos em que Diego é especialista. Nos ferros curtos esteve irrepreensível, colocando o toiro no cite correcto para cravar a ferragem curta.
De destacar ainda a valentia, o espirito de sacrifício do forcado do grupo de Santarém, Gonçalo Veloso que apesar de se ter lesionado nas duas tentativas que teve para pegar o toiro, estando inclusive na maca para se dirigir para a enfermaria, voltou para a arena para consumar a pega (e que pega), à terceira tentativa.

Bruno Paparrola