terça-feira, 24 de agosto de 2010

Toureio a Pé (Parte 2)

Como vos prometi aqui têm alguns dos passes que se utilizam no toureio a pé.
As sortes de cada tércio e o modo como se executam.


Toureio de Capote

Chicuelina

Depois da Verónica, a chicuelina é o lance que mais se executa na actualidade por matadores de toiros e novilheiros, pela sua vistosidade e espectacularidade. Esta sorte realiza-se citando o toiro de frente, com os braços abertos e semi-estendidos para a frente. O cite deve fazer-se a uma distância que permita ao diestro, quando o toiro arranca, marcar-lhe a saída a qualquer dos lados, com um movimento de braços. Quando o toiro passa em volta do corpo do toureio, este simultaneamente gira em sentido contrário.





Gaonera

O diestro coloca-se, com as duas mãos a agarrarem o capote por trás das costas, para que o toiro passe alternadamente o toureiro. Na lateral, o capote é mostrado ao toiro para que ele passe pela direita.







Toureio de Muleta

Natural
È um passe dado com a muleta na mão esquerda e que normalmente funciona assim:
Segurando a muleta com a mão esquerda aproximando a muleta calmamente para que depois na hora do cite do toureiro o toiro invista na muleta pelo lado esquerdo do
toureiro.





Derechazo

É um passe dado com a muleta na mão direita e que se executa:
Com a muleta na mão direita, o diestro aproxima calmamente a muleta para que no cite do toureiro, o toiro arranque pelo lado esquerdo do toureiro.