terça-feira, 31 de maio de 2011

Quiebros e Chicuelinas, Sempre em Defesa da Festa Brava!!!







Fotos:Joaquim José Paparrola (Quiebros e Chicuelinas).

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Entrevista: Antigo elemento dos extintos Forcados Amadores da Nazaré, Vítor Santos falou para o Quiebros e Chicuelinas


















"Se tivesse havido mais respeito entre pessoas do grupo naquele tempo este não teria terminado"


Entrevista de Joaquim José Paparrola e Bruno Paparrola

Reportagem Fotográfica gentilmente cedida por Vítor Santos.


Quiebros e Chicuelinas - Como nasceu a ideia de formar um Grupo de Forcados Amadores na Nazaré (GFAN)?
Victor Santos - Inicialmente um grupo de malta que gostava da festa brava onde eu me inseria, decidimos organizar um grupo de forcados amadores. Tendo sido por este ideal de viver a festa brava e a partir desta situação que nos fez sentir fortes em termos mentais, que partimos com o intuito de tentar abraçar esse projecto. Tivemos muito apoio de pessoas mais velhas que nós para avançarmos com o nosso objectivo, que nos incutiram o desejo a vontade e a sua colaboração para termos as bases para começar. Tivemos por diversas vezes a colaboração da direcção do Planalto na altura que nos cedeu a praça para treinarmos, e tendo eles conhecimento no mundo da festa brava, conseguimos arranjar mais locais para continuarmos a treinar (pegar vacas), a partir dai tudo estava a nosso favor.

Quiebros e Chicuelinas -Para se formar um forcado é necessário ter gosto, coragem e dedicação, e tudo isso veio de onde?
Vítor Santos - Nós partimos do zero, foi muito complicado no início, numa conversa na altura falámos com o então cabo dos Forcados das Caldas da Rainha, Arnaldo Santos que se disponibilizou de imediato, não com o intuito de dirigir o nosso grupo mas sim ensinar-nos a cultura do Forcado. Foi ai que agarrámos com todas as nossas forças a ideia que queríamos seguir em frente na forcadagem. Sabíamos que era uma grande responsabilidade para nós encarar este desafio, já que temos raízes de aficionados no nosso concelho. Apesar de a Nazaré ter a praia mais castiça “O Campo Pequeno” da província como ainda todos chamam e onde todos os toureiros gostavam e gostam de tourear, onde toda a forcadagem gosta de pegar, nós queríamos tirar partido dessa situação, para formarmos também um grupo de forcados. Não tínhamos essência, não tínhamos ideias aquilo era tudo novo para nós, víamos os outros fardados, víamos aquilo que eles faziam não iria ser fácil a nossa tarefa, a forcadagem requer muito trabalho, cultura dedicação e um gosto enorme pela festa brava. Inicialmente tínhamos malta que ia às vacadas, e nos primeiros meses de existência do grupo encontrávamo-nos todos os sábados para prosseguirmos os treinos não só com vacas, mas com o intuito de nos educarmos na forcadagem, já que arranjámos uma tourinha para treinar. Começar a entender as posições de um grupo, de forma e sabermos estar numa arena aquando das pegas.

Quiebros e Chicuelinas - O vosso grupo era composto por quantos elementos, e onde arranjaram os fardamentos já que por estes lados (Nazaré) não existia nenhum local para tal?
Vítor Santos - Conseguimos arranjar cerca de 20 elementos, tendo sido com esses que nos lançámos nessa aventura que era muito séria, tínhamos de saber se realmente queríamos avançar e também saber se teríamos condições para abraçar este projecto. Quanto á parte das vestimentas, não foi fácil conseguirmos as mesmas, eram difíceis de saber onde as arranjar, e eram muito dispendiosas segundo nos diziam. Fomos á Benedita a um sapateiro que sabia confeccionar os sapatos de forcado, tivemos também uma senhora do Sitio da Nazaré que teve a honra e o prazer de nos confeccionar as nossas jaquetas, sem dúvida uma mais-valia para nós, essa ajuda preciosa. Outra senhora também do Sitio da Nazaré nos confeccionou os calções para todo o grupo, e estava assim lançado o grupo de Forcados Amadores da Nazaré.

Quiebros e Chicuelinas - Quando se estreou o grupo, como correu a primeira experiência?
Vítor Santos - Decorria o ano de 1984 quando fizemos a nossa primeira corrida oficial em Março desse ano, na Praça da Nazaré. Foi um teste real às nossas capacidades, depois de um ano de muito trabalho, o dia em que nos fardamos de forcados foi um momento maravilhoso tanto para nós bem como para todas as pessoas que connosco estiveram desde o início dessa nossa aventura, eles estiveram sempre do nosso lado, pessoas de grande carácter. Os nossos testes de fogo eram nas Corridas de dia 8 de Setembro (dia de Nossa Senhora da Nazaré), foram anos espectaculares, logo no primeiro realizámos a nossa Festa Campera no local onde se realizava a nossa festa, e onde treinávamos.

Quiebros e Chicuelinas - Porque terminou o GFAN, depois de tanto trabalho para o iniciar, qual o momento mais negativo na história do grupo?
Vítor Santos - O nosso grupo acabou devido a uma corrida em que pegámos e onde poderia ter morrido gente. Nessa corrida de toiros pegámos toiros da Ganadaria José Manuel Andrade, e logo em sorte calhou-nos os três piores toiros. Um forcado nosso na tentativa de pegar um toiro ficou com corte na zona do pescoço devido a uma bandarilha, que lhe poderia ter tirado a vida e começou-nos a faltar “coração” para continuarmos a pegar toiros. Para se ser Forcado é preciso ter grande comportamento, sabermos estar na Festa. Registo como ponto negativo o facto de o nosso grupo ter terminado, penso que havia condições para dar seguimento ao trabalho desenvolvido até então, mas devido à falta de humildade de algumas pessoas de então (forcados), se fossem menos orgulhosas e se tivessem mais respeito umas pelas outras isto nunca teria terminado.

Quiebros e Chicuelinas - Qual o momento mais positivo do grupo, tendo também certamente histórias para contar sobre o GFAN, pode relatar algumas?
Vítor Santos -Um dos momentos mais positivos do grupo foi termos ido pegar a uma praça bastante importante em Espanha, no caso da de Saragoça. Na noite anterior tivemos uma prestação não muito positiva numa corrida de toiros realizada na Monumental de Cascais, onde só pegámos à sexta tentativa tendo um elemento do nosso grupo (forcado que foi à cara,) dado entrada no Hospital de Cascais devido a algumas lesões provocadas na sequência dessa mesma pega. Passámos a noite no quartel dos Bombeiros de Cascais e logo pela manhã tínhamos de arrancar para Espanha, mais concretamente Saragoça. O elemento que se tinha lesionado com alguma gravidade estava de cama no hospital e fomos visitá-lo e ao qual perguntámos “Como é, vens ou ficas?”, os médicos não o deixavam sair devido a ter de realizar alguns testes para apurarem as condições dele de puder receber alta. E então lá “agarrámos” nele sem ninguém saber e arrancámos até Saragoça, mas não era só este forcado que estava lesionado, tivemos que levar o grupo quase todo “partido” da pega realizada na noite anterior na Monumental de Cascais. Foi uma experiência espectacular pegar em terras espanholas e termos formado o nosso grupo de forcados apesar de termos enfrentado, algumas adversidades ao longo do nosso percurso enquanto forcados no grupo da Nazaré. Chegámos a pegar em Vila Nova de Poiares, Almeida, Batalha e pegámos numa noite em que esteve presente nas bancadas a grande Diva do Fado a nossa “Amália Rodrigues”.

domingo, 29 de maio de 2011

10 de Junho, em Santarém alternativa do cavaleiro praticante Tomás Pinto.




Realiza-se no próximo dia 10 de Junho pelas 17h00 na Monumental Praça de Toiros Celestino Graça, uma enormissíma Corrida de Toiros, onde o cavaleiro praticante Tomás Pinto irá tirar a sua alternativa, tendo como seu padrinho seu tio e antigo cavaleiro profissional Emídio Pinto.

Em Praça estarão os Cavaleiros:

João Moura
Diego Ventura
Tomás Pinto.



Pegam os Grupos de Forcados Amadores de Santarém e Alcochete, capitaneados respectivamente pelos cabos Diogo Sepúlveda e Vasco Pinto.



Toiros da Ganadaria Maria Guiomar Cortes Moura.


Fotos:DR.

Grandiosa Corrida de Toiros dia 10 de Junho, em Águeda.




Realiza-se no próximo dia 10 de Junho pelas 17h00(Feriado Nacional), na localidade de Águeda, uma Grandiosa Corrida de Toiros.

Em praça estarão os Cavaleiros:

Rui Salvador
Marco José
João Moura Caetano
.



Pegam os Grupos de Forcados Amadores do Ribatejo e Coimbra, capitaneados respectivamente pelos cabos João Machacaz e Luís Pires dos Santos.



Irão lidar-se toiros da Ganadaria D.Bernardino Pirez.


Fotos:DR.

sábado, 28 de maio de 2011

João Moura Caetano ovacionado e Leonardo Hernández grande triunfador ao cortar três em orelhas, na Monumental de Las Ventas (Madrid).



O cavaleio português João Moura Caetano foi ovacionado no final das suas duas lides, naquele que foi o seu debute na Monumental de Las Ventas (Madrid).

O grande triunfador desta Corrida de Rejoneio foi o rejoneador espanhol Leonardo Hernández, que ao cortar três orelhas saiu em ombros pela Porta Grande da Monumental de Las Ventas, em Madrid.

Actuou ainda o rejoneador espanhol Sérgio Galán que foi silenciado e deu volta à arena no seu segundo toiro.



Eis o resultado dos troféus obtidos nesta Corrida de Rejoneio:


Sérgio Galán - (silêncio com forte petição de orelha no seu primeiro toiro e volta à arena com petição de orelha).


João Moura Caetano - (ovação no seu primeiro e segundo toiros).


Leonardo Hernández - (orelha no seu primeiro toiro e duas orelhas no seu segundo).



Lidaram-se toiros da Ganadaria Luís Terrón.


Fotos:DR.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Manzanares saiu em ombros da Corrida a Pé realizada em Córdoba (Espanha).


o matador de toiros José María Manzanares foi o grande triunfador da Corrida de Toiros apeada realizada na Praça de Toiros de Córdoba, Espanha ao cortar quatro orelhas nas lides dos seus dois toiros.

Fizeram ainda parte do cartel os Matadores de Toiros:

Enrique Ponce - (ovação no seu primeiro toiro e ovação no seu segundo).

Morante de la Puebla - (silêncio no seu primeiro toiro e forte ovação com aviso).

José María Manzanares - (duas orelhas no seu primeiro toiro e duas orelhas no seu segundo).



Lidaram-se toiros da Ganadaria Juan Pedro Domecq.


Foto:DR.

Luís Vital "Procuna" o Novo Ídolo do Toureio a Pé em Portugal.








Fotos:Pedro Batalha.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Carteís da Feira Taurina de Badajoz (Espanha).



Este ano a Feira Taurina de Badajoz que se realiza de 22 a 26 de Junho, será composta por uma novilhada sem picadores, três corridas a pé e uma corrida de rejoneio.

Deixo-vos com os carteís que iraõ essa mesma Feira Taurina:

Dia 22 de Junho:

Novilhada sem Picadores
.


Dia 23 de Junho, Matadores de Toiros:

Javier Sólis
Israel Lancho
Júlio Parejo.


Toiros da Ganadaria de Luís Albarrán.




Dia 24 de Junho, Matadores de Toiros:

Enrique Ponce
Miguel Angél Perera
Alejandro Talavante.


Toiros da Ganadaria Zalduendo.



Dia 25 de Junho, Matadores de Toiros:

Morante de la Puebla
Julián López "El Juli"
José María Manzanares.


Toiros da Ganadaria de Daniel Ruiz.



Dia 26 de Junho, Corrida de Rejoneio, Rejoneadores:

Pablo Hermoso de Mendoza
Diego Ventura
Leonardo Hernández.




Imagens:DR.

Esclarecimento do apoderado do cavaleiro praticante Paulo D'Azambuja.

O Quiebros e Chicuelinas recebeu um esclarecimento da parte do apoderado do cavaleiro praticante Paulo D'Azambuja, que irá passar a transcrever:


Decorreu a 21 de Maio a novilhada de abertura da Feira de Maio na Moita do Ribatejo, registou-se ¼ de casa.
O Cavaleiro Paulo d'Azambuja, uma jovem promessa do nosso Toureio a Cavalo, recebeu bem o novilho que lhe calhou em sorte da Ganadaria Rio Frio. O novilho pouco colaborou é verdade, pouca mobilidade e só pretendia investir se lhe fossem pisados os terrenos, mas não é verdade que o Cavaleiro tenha falhado 2 ferros (FALHOU 1) e muito menos os (DEMASIADOS) toques (LEVOU 1 TOQUE) como é referido no site TOUREIO.COM.
Houve um treinador de Futebol que dizia (DEIXEM O MANTORRAS JOGAR). Talves ele pudesse dizer, (DEIXEM O PAULO d'AZAMBUJA EM PAZ). Tentaram acabar com os sonhos de um jovem Cavaleiro e agora parece que continuam na mesma.
Falem do que se passsou na realidade e não inventem. Não é bom para a FESTA.
Na ferragem Comprida utilizou o cavalo OJEDA.
Na ferragem Curta utilizou dois cavalos estrela da sua quadra, o SOMMER E O BOHÓRQUEZ, elevando esta lide de menos a mais e deixando antever uma promissora carreira deste jovem. A sua lide foi brindada ao Sr. António Cardoso (Néne) e ao Sr.Albino Caçoete.
Sinal mais para a Câmara Municipal da Azambuja que disponibilizou um autocarro para os apoiantes de cavaleiro se deslocarem à Moita e ver O TOUREIRO DA AZAMBUJA.


Pedro Marques Alféloa (apoderado do cavaleiro Paulo D’Azambuja).

29 de Maio no Montijo.




Imagem:DR.

domingo, 22 de maio de 2011

52º Grandioso Concurso de Ganadarias dia 27 de Maio, em Évora com transmissão na RTP1 .





Realiza-se na próxima sexta feira pelas 22h00 na Praça de Toiros Arena D'Évora, um Grandioso Concurso de Ganadarias, que terá também transmissão em directo na RTP1.
Em praça estarão os Cavaleiros:

João Moura
Vítor Ribeiro
Marcos Bastinhas.



Grupos de Forcados Amadores de Évora e Alcochete, capitaneados respectivamente pelos cabos Bernardo Patinhas e Vasco Pinto.

Lidam-se toiros das ganadarias Palha, Fernandes de Castro, Murteira Grave, Passanha, Pégoras e Canas Vigouroux.
Fotos:Joaquim José Paparrola (Quiebros e Chicuelinas) e DR.

Tarde acidentada aquela que se passou em Las Ventas (Madrid).



Realizou-se esta tarde na Monumental de Las Ventas (Madrid), uma acidentada corrida de toiros onde os matadores de toiros Ignacio Garibay e Serafín Marín, foram alvos de colhidas.
A mais grave a calhar a Ignacio Garibay tendo como consequência um músculo rasgado (25 cm).

Deixo-vos com os resultados dos troféus (não foi obtido nenhuma orelha ou rabo)nesta corrida apeada:

Ignacio Garibay - (silêncio com aviso no seu primeiro toiro e escutou ovação no seu segundo).

Serafín Marín - (volta à arena com petição de orelha e protestos no seu primeiro toiro e palmas no seu segundo).


Sérgio Aguilar - (silêncio no seu primeiro e segundo toiros).



Lidaram-se toiros das ganadarias Partido de Resina, Los Chospes e Nazário Ibañez.

Fotos:DR.

sábado, 21 de maio de 2011

Diego Ventura saiu em ombros pela Porta Grande da Monumental de Las Ventas (Madrid).


O rejoneador luso-espanhol Diego Ventura foi o grande triunfador da Corrida de Rejoneio, que se realizou esta tarde na Monumental de Las Ventas, ao cortar duas orelhas e assim a abrir Porta Grande.

Actuaram ainda os rejoneadores Fermín Bohórquez e Pablo Hermoso de Mendoza.


Aqui ficam os resultados dos troféus obtidos nesta Corrida de Rejoneio:

Fermín Bohórquez - (silêncio no seu primeiro toiro e ovação no seu segundo).

Pablo Hermoso de Mendoza -(ovação no seu primeiro toiro e ovação no seu segundo).

Diego Ventura - (orelha no seu primeiro toiro e orelha no seu segundo).



Lidaram-se toiros das ganadarias Carmen Lorenzo e San Pelayo.

Foto:DR.

Sorteio dos Toiros a lidar esta tarde na Corrida de Rejoneio, em Las Ventas (Madrid).


Deixo-vos com o Sorteio dos Toiros que se serão lidados esta tarde na Monumental de Las Ventas (Madrid).

Em praça estarão os Rejoneadores:

Fermín Bohórquez
Pablo Hermoso de Mendoza
Diego Ventura.


Lidam-se toiros da ganadaria Carmen Lorenzo e San Pelayo.



NÚM NOME PESO DATA PELAGEM Rejoneador


15 SEÑORITO 575 01/07 NEGRO FERMÍN BOHÓRQUEZ

25 CANASTITA 534 12/06 NEGRO HERMOSO DE MENDOZA

35 SEÑORITOII 529 02/07 NEGRO DIEGO VENTURA

23 VELETO 562 01/07 NEGRO FERMÍN BOHÓRQUEZ

7 ESPIGUITO 554 10/06 NEGRO HERMOSO DE MENDOZA

31 AFRICANO 578 01/07 NEGRO DIEGO VENTURA


SOBREROS:


6 VELETO 623 12/06 NEGRO De La Constancia

24 VELETO 595 01/07 NEGRO De San Pelayo



Foto:DR.

Fonte:Mundotoro.com.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Corrida de Toiros de dia 2 de Junho que se realiza no Campo Pequeno irá ser transmitida em directo na RTP1.


A Corrida de Toiros que se realizará dia 2 de Junho no Campo Pequeno, será transmitida pela RTP1.


O cartel será composto pelos Cavaleiros:

António Maria Brito Paes
João Moura Caetano
Manuel Telles Bastos
Marcos Bastinhas
Duarte Pinto
Salgueiro da Costa.


Grupos de Forcados Amadores de Vila Franca e do Aposento da Moita, capitaneados respectivamente pelos cabos Ricardo Castelo e Tiago Ribeiro.

Toiros da ganadaria Pinto Barreiros.

Imagem:DR.

Amanhã na Monumental de Las Ventas (Madrid), Grandiosa Corrida de Rejoneio.




Realiza-se amanhã na Monumental Praça de Toiros de Las Ventas em Madrid, uma Extraordinária Corrida de Rejoneio.

Em praça estarão os Rejoneadores

Fermín Bohórquez
Pablo Hermoso de Mendoza
Diego Ventura.




Lidam-se toiros da ganadaria San Pelayo.


Fotos:DR.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Alejandro Talavante já não actua esta noite no Campo Pequeno.


O matador de toiros Alejandro Talavante já não actuará esta noite na Monumental do Campo Pequeno.

Irá ser substituído pelo matador de toiros colombiano Luís Bolívar.
A empresa gestora da Campo Pequeno já mostrou a sua indignação por esta situação, dado que Talavante estava anunciado e tinha-se criado enorme expectativa em torno deste matador de toiros que saiu em ombros da Monumental de Las Ventas, na terça-feira.

Recorde-se que Talavante toureia amanhã novamente na Monumental de Madrid.


O cartel desta noite será composto assim:

Joaquim Bastinhas
Luís Rouxinol


Matadores de Toiros:

António Ferrera
Luís Bolívar.

Forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

7 toiros da ganadaria açoreana de Rego Botelho.

Foto:DR.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Pedro Salvador e Marcos Bastinhas, que actuam neste próximo sábado dia 21 na Marinha Grande.






Temporada na Praça de Toiros do Sitío da Nazaré arranca a 16 de Julho.


A temporada Taurina na Praça de Toiros do Sitío da Nazaré, deverá ter o seu início no dia 16 de Julho.
Refira-se que na pretérita temporada as Corridas de Toiros na Nazaré começaram logo no dia 3 de Julho.

De recordar que o Tauródromo nazareno pertence neste momento à Sociedade Campo Pequeno, ao qual é empresário o antigo matador de toiros Rui Bento Vasques e que já referiu que irá ser transmitida na televisão uma das nocturnas de Verão a realizarem-se na Praça de Toiros do Sitío da Nazaré.

Oportunamente o blog Quiebros e Chicuelinas irá divulgar os carteís que irão compor a temporada 2011 na Praça de Toiros do Sitío da Nazaré.


Foto:DR.

Alejandro Talavante, debuta 5ªFeira no Campo Pequeno.

Mini Feira-Taurina na Moita do Ribatejo, dias 21 e 22 de Maio.






Imagens:DR.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Hermoso de Mendoza e Ventura em ombros, na Corrida de Rejoneio realizada em Osuna (Sevilha).


Os rejoneadores Pablo Hermoso de Mendoza e o luso-espanhol Diego Ventura, foram os grandes triunfadores da Corrida de Rejoneio realizada em Osuna (Sevilha), ao cortarem duas orelhas cada um e abrindo respectivamente a Porta Grande da Praça de Toiros de Osuna.

Actuou ainda o rejoneador espanhol Fermín Bohórquez que foi silenciado no final das suas duas lides.


Deixo-vos com o resultado dos troféus obtidos nesta Corrida de Rejoneio:

Fermín Bohórquez - (silêncio no seu primeiro toiro e silêncio com aviso no seu segundo).

Pablo Hermoso de Mendoza - (duas orelhas no seu primeiro toiro e volta à arena no seu segundo).

Diego Ventura - (cortou duas orelhas no seu primeiro toiro e recebeu ovação no seu segundo).


Lidaram-se toiros da ganadaria Felipe Bartomolé.

Foto:DR.

domingo, 15 de maio de 2011

Tarde Triunfal de Victor Puerto, Javier Conde, Angél Teruel e da ganadaria Albarreal em La Algaba, em Sevilha.




Puerto, Conde e Teruel em ombros da Corrida Goyesca realizada em La Algaba, perto de Sevilha.



Decorreu esta tarde na localidade de La Algaba (Sevilha), uma Grandiosa e Triunfal Corrida Goyesca. Em praça estiveram os Matadores de Toiros: Victor Puerto, Javier Conde e Ángel Teruel. Lidou-se um excelente curro de toiros da ganadaria Albarreal.Abriu praça o matador de Toiros Victor Puerto que teve uma primeira lide cheia de maestria e saber. No tércio “Capote” esteve de menos a mais, executando excelentes “Verónicas” onde o toiro que lidou, investia com classe e que transmitia muito.
Na “Muleta” manteve a toada do primeiro tércio, desferindo grandes “Derechazos” a um toiro que investia bastante bem com o pitón esquerdo e daí o Diestro espanhol a tirar tudo o que de bravura e raça tinha este toiro de seu nome “Balsâmico” (para mim um dos melhores toiros da corrida). Uma faena de muito temple e verdade.
Matou de estocada inteira e como recompensa da performance do toureiro espanhol foram-lhe concedidas duas orelhas.
Na sua segunda actuação começou bem no tércio de “Capote” com excelentes Verónicas, porem o que o toiro prometeu no primeiro tércio não cumpriu no tércio de “Muleta”. Puerto lidou um toiro difícil desde logo, começando a tourear ao “Natural”, pela excelente investida do seu piton direito, mas logo de seguida cambiou de lado mas sem o mesmo êxito do “passe” anterior.
Na hora de matar “Pinchou”, matou à terceira de “Descabello” daí ter recebido ovação no final da sua lide, mesmo assim deu para ver que Victor Puerto está num excelente momento de toureio e como recompensa irá tourear brevemente a “Las Ventas” Monumental de Madrid.

Em segundo lugar toureou o Matador de Toiros Javier Conde, no primeiro tércio não deu para explanar lances de “Capote” já que optou só por “provar” o toiro. No tércio de “Muleta” já deu para poder mostrar o que realmente vale, tirando partido de mais um (bom) toiro que tinha codicía e muita classe, toureando por ambos os lados ao “Natural” e com “Derechazos” culminando por vezes com excelentes “Passes de Peito”, o toiro nem sempre facilitava o labor ao matador espanhol, já que ao investir na “Muleta” derrotava com muita força tirando algum brilhantismo à lide do Matador. Contudo foi uma prestação positiva por parte de Javier Conde que foi silenciado, devido ao facto de ter matado o toiro só à quarta estocada depois de três “Pinchazos”. No seu segundo toiro esteve em grande, estando logo no primeiro tércio soberbo e com bastante tourearia.
No tércio de “Muleta” mandou nas investidas do toiro fazendo uso da variedade do seu toureio alcançou um triunfo forte perante um toiro extremamente bravo e com bastante transmissão (para mim o melhor da corrida).
Na hora de matar fez de estocada inteira mas a ter de matar de “Descabello”, já que o toiro demorava a cair. Conde nesta faena cortou duas orelhas assegurando desde logo a saída pela Porta Grande da castiça Praça de Toiros de La Algaba, Sevilha.


O terceiro toureiro em praça foi o Matador de Toiros Ángel Teruel, que nos “capotazos” esteve bastante bem dando bonitos quites de “Verónicas” e de "Chicuelinas".
Na “Muleta” a lide veio de menos a mais, mas o matador de toiros madrileno a aproveitar as características do toiro que lhe caiu em sorte, um toiro que humilhava bastante na hora da investida na “Muleta" do Diestro madrileno. Teruel cambiou frequentemente de lado nos seus “Passes”, tendo executado excelentes “Circulares” que empolgaram o público aficionado presente naquela mesma praça sevilhana.
Matou de estocada inteira valendo-lhe também logo duas orelhas, bem merecidas diga-se pela Grande Faena executada por Ángel Teruel.
No seu segundo toiro teve de “puxar pelos galões” para poder executar uma faena vistosa e triunfal, perante algo complicado no momento das investidas.
Um toureiro que concerteza deveria merecer mais atenção por parte dos empresários taurinos espanhoís e não só, já que alcançou um Grande Triunfo nesta Goyesca.
Matou de estocada inteira valendo-lhe duas orelhas consagrando-se como o grande triunfador da tarde.

Uma palavra para o curro de toiros da ganadaria Albarreal que mostraram enorme bravura, raça e muita emoção.
Bom triunfo desta ganadaria.

Lidaram-se excelentes toiros da ganadaria Albarreal.
Bruno Paparrola (via TV).


Fotos:DR.

Tarde triunfal para os três toureiros e para a ganadaria Albarreal, em La Algaba (Sevilha).


Não percam mais logo a crónica da Corrida Goyesca realizada esta tarde em La Algaba, em Sevilha, onde actuaram os matadores de toiros Victor Puerto, Javier Conde e Angél Teruel.


Lidaram-se toiros da ganadaria Albarreal.

Grande Corrida de Toiros dia 21 de Maio, em Estremoz.


Realiza-se no próximo sábado dia 21 de Maio pelas 17h00, em Estremoz uma grandiosa corrida de Toiros que contará com a presença de seis cavaleiros.


O cartel será entáo composto pelos Cavaleiros:

Manuel Jorge de Oliveira
Fracisco Cortes
Sónia Matias
Duarte Pinto
João Maria Branco
Miguel Moura.




Grupos de Forcados Amadores de São Manços e Monforte, capitaneados respectivamente pelos cabos Joaquim Branco e Ricardo Carrilho.


Toiros da ganadaria Cunhal Patricío.

Imagem:DR.

Hoje em Osuna (Sevilha) grandiosa corrida de Rejoneio.




Realiza-se esta tarde na Praça de Toiros de Osuna (Sevilha), uma extraordinária Corrida de Rejoneio.

O cartel é composto pelos Rejoneadores:

Fermín Bohórquez
Pablo Hermoso de Mendoza
Diego Ventura.


Irão lidar-se toiros da ganadaria Felipe Bartolomé.



Fotos:DR.