terça-feira, 24 de maio de 2011

Esclarecimento do apoderado do cavaleiro praticante Paulo D'Azambuja.

O Quiebros e Chicuelinas recebeu um esclarecimento da parte do apoderado do cavaleiro praticante Paulo D'Azambuja, que irá passar a transcrever:


Decorreu a 21 de Maio a novilhada de abertura da Feira de Maio na Moita do Ribatejo, registou-se ¼ de casa.
O Cavaleiro Paulo d'Azambuja, uma jovem promessa do nosso Toureio a Cavalo, recebeu bem o novilho que lhe calhou em sorte da Ganadaria Rio Frio. O novilho pouco colaborou é verdade, pouca mobilidade e só pretendia investir se lhe fossem pisados os terrenos, mas não é verdade que o Cavaleiro tenha falhado 2 ferros (FALHOU 1) e muito menos os (DEMASIADOS) toques (LEVOU 1 TOQUE) como é referido no site TOUREIO.COM.
Houve um treinador de Futebol que dizia (DEIXEM O MANTORRAS JOGAR). Talves ele pudesse dizer, (DEIXEM O PAULO d'AZAMBUJA EM PAZ). Tentaram acabar com os sonhos de um jovem Cavaleiro e agora parece que continuam na mesma.
Falem do que se passsou na realidade e não inventem. Não é bom para a FESTA.
Na ferragem Comprida utilizou o cavalo OJEDA.
Na ferragem Curta utilizou dois cavalos estrela da sua quadra, o SOMMER E O BOHÓRQUEZ, elevando esta lide de menos a mais e deixando antever uma promissora carreira deste jovem. A sua lide foi brindada ao Sr. António Cardoso (Néne) e ao Sr.Albino Caçoete.
Sinal mais para a Câmara Municipal da Azambuja que disponibilizou um autocarro para os apoiantes de cavaleiro se deslocarem à Moita e ver O TOUREIRO DA AZAMBUJA.


Pedro Marques Alféloa (apoderado do cavaleiro Paulo D’Azambuja).

Sem comentários:

Enviar um comentário