quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Iván Fandiño

Iván Fandiño
Iván Fandiño Barros (Iván Fandiño), nasceu a 29 de Setembro de 1980 na localidade espanhola de Orduña (Vizcaya, País Basco), é um matador de toiros que nos últimos anos com o seu grande valor, disponibilidade para dar o melhor de si em cada tarde e grande comprometimento com a sua profissão, tem estado em grande destaque como um dos grandes triunfadores destas últimas temporadas tendo "rompido" e marcando presença nas principais Feiras Taurinas a nível mundial.

Fandiño lanceando à verónica
Fandiño vestiu pela primeira vez um traje de luces a 16 de Agosto de 1999 na localidade espanhola de Llodio (Álava, Espanha), debutou como Novilheiro com Picadores em Orduña a 2 de Junho de 2002, depois de uma "luta" intensa como novilheiro de maneira puder dar nas vistas e assim ter a atenção das empresas e aficionados, Iván Fandiño tirou a alternativa como matador de toiros a 25 de Agosto de 2005 em Bilbau (País Basco, Espanha) numa corrida na Feira Taurina de Bilbau, tendo como padrinho de alternativa o matador de toiros espanhol Julían López "El Juli" e como testemunha o matador de toiros espanhol Salvador Vega, lidando-se nessa tarde toiros da ganadaria espanhola de El Ventorrillo.

Toureando por derechazos na Monumental de Madrid
O matador de toiros de Orduña confirmou a alternativa como matador de toiros a 12 de Maio de 2009 na Monumental Praça de Toiros de Las Ventas (Madrid, Espanha), tendo como padrinho de confirmação de alternativa o matador de toiros espanhol António Ferrera e como testemunha o também matador de toiros espanhol Morenito de Aranda.

Natural largo com o toiro a humilhar na muleta
O toureio de Iván Fandiño define-se como sendo clássico, fazendo do seu poderio, verdade e também da disposição de dar 100% em cada tarde em que toureia, as suas grandes virtudes de um toureiro que é bastante curtido nas denominadas corridas duras partilhando cartéís muitas das vezes com toureiros como Diego Urdiales, Rafael Rubio "Rafaelillo", Javier Castaño, mas entrando atualmente em cartéis com outros tipos de toiros com que pode expressar da melhor maneira o que toureio que leva dentro, sendo que também é um grande executante na sorte suprema tendo grande pontaria num momento de estoquear os toiros.

Bonito e expressivo Passe de Peito executado numa corrida realizada em Madrid (Espanha)
Iván Fandiño entrando a matar sem muleta a um toiro da ganadaria espanhola Parladé numa corrida da Feira de San Isidro no ano de 2014, que lhe valeu uma orelha (a segunda depois de ter cortado uma na sua primeira lide) e respetiva Porta Grande da Monumental de Las Ventas (Madrid, Espanha)
Tomou a atenção de muito do público taurino que o conhecia, quando numa tarde de Maio de 2014 na Monumental Praça de Toiros de Las Ventas (Madrid, Espanha) num dia de tudo ou nada, entrou a matar sem muleta ficando no meio dos cornos do toiro, momento de grande verdade e que pôs em alvoroço as exigentes bancadas da Monumental de Madrid, a 29 de Março de 2015 nesta mesma praça encerrou-se com seis toiros de distintas ganadarias mas a corrida a não sair bem perdendo uma grande oportunidade de se afirmar definitivamente, apesar de já ser um toureiro bastante respeitado e com grande cartel.



Fotos:Largacambiada.com, marca.com e D.R.

Sem comentários:

Enviar um comentário