terça-feira, 23 de julho de 2013

Reportagem da Corrida Concurso de Pegas do passado dia 18 de Julho no Campo Pequeno.

Tauromaquia: Noite triunfal no Campo Pequeno.

Reportagem escrita de Bruno Paparrola.

Reportagem Fotográfica: Joaquim José Paparrola.

A Monumental Praça de Toiros do Campo Pequeno em Lisboa recebeu na noite de 18 de Julho uma grandiosa Corrida de Toiros Concurso de Pegas, com o cartel a ser composto pelos Cavaleiros: Rui Salvador, Filipe Gonçalves e Marcos Bastinhas, tendo os Grupos de Forcados Amadores de São Manços, Amadores da Chamusca e Aposento da Chamusca, disputando o troféu para a melhor pega pegando toiros da ganadaria portuguesa de António Charrua

Abriu praça o cavaleiro Rui Salvador que teve quanto a nós uma atuação de grande nível fazendo lembrar os seus grandes triunfos da sua carreira, agarrando bem o toiro de saída para depois nos ferros curtos ter acuação de categoria partindo reto para o toiro toureando de frente e entrando por terrenos de compromisso para deixar ferros de muita verdade perante um toiro colaborador. Destaque para o quarto ferro curto com toiro a arrancar-se e Rui Salvador indo ao seu encontro cravando um ferro “impossível” como têm sido apelidados estes mesmos ao longo da sua longa carreira. Na sua segunda lide esteve esforçado e com boas intenções, porém, o segundo toiro do seu lote a não permitir maior luzimento ao cavaleiro de Tomar, um exemplar parado sem transmissão e tardo nas investidas, tendo Rui Salvador de entrar pelos seus terrenos para deixar a ferragem da ordem. O que não colocou o toiro, fê-lo Rui Salvador, tendo o cavaleiro nabantino passagem muito positiva pelo Campo Pequeno. 

A segunda lide da noite esteve a cargo do cavaleiro Filipe Gonçalves que teve actuação agradável executando um toureio de risco e espetacular, optando nos ferros curtos por batidas ao piton contrário tendo o seu terceiro ferro resultado em bom nível, esteve lidador a trazer o toiro de costado a duas pistas para deixar este último em sorte e cravar ferros com acentuada batida ao piton contrário montando o cavalo “Universo”. Na sua segunda actuação esteve uns furos acima da sua primeira lide, fazendo as coisas bem, colocando o toiro no centro da praça para depois de frente deixar bons ferros curtos, com grande destaque para os últimos montando o cavalo “Zidane”, entrando de forma frontal nos terrenos do toiro para cravar dois bons ferros curtos. Terminou a sua segunda lide com um par de bandarilhas que ficaram um pouco distanciadas uma da outra.

 Marcos Bastinhas foi o terceiro a actuar, executando um toureio diferente aquele que nos tem habituado ao longo da sua ainda curta carreira, optando por um toureio mais de risco e vibrante executando batidas ao piton tendo de seguida aberto o quarteio, deixando com o toiro bem debaixo do braço, três bons ferros curtos de excelente qualidade. Terminou a sua boa actuação com um bom par de bandarilhas. Na sua segunda lide também esteve em muito bom nível cravando bons ferros em sorte frontais montando o cavalo “Palmela” com reuniões bem ajustadas perante um toiro que investiu com codícia e com bravura, proporcionando bom triunfo ao cavaleiro de Elvas. Terminou a sua passagem pelo Campo Pequeno com um excelente par de bandarilhas a duas mãos montado no cavalo “Cartier"


No que diz respeito à forcadagem, estiveram muito bem os três grupos actuantes com boas pegas mas com os grandes destaques a irem para a quinta pega da noite executada pelo cabo dos Amadores da Chamusca, Nuno Marques que se fechou muito bem à córnea e Francisco Montoya (vencedor do prémio para a melhor pega) pelo grupo do Aposento da Chamusca tendo-se fechado brilhantemente à córnea.
Rui Salvador, Filipe Gonçalves e Marcos Bastinhas, fazendo as cortesias.
Rui Salvador cravando um bom ferro curto na sua primeira lide.
Rui Salvador triunfou forte na sua primeira lide.
Filipe Gonçalves cravando um bom ferro em sorte frontal montando a égua de nome "Triana".
Filipe Gonçalves obteve bom triunfo na sua primeira presença na Monumental do Campo Pequeno esta temporada.
Marcos Bastinhas esteve muito bem na corrida de 18 de Julho com duas lides sérias e de verdade.

Nuno Marques, cabo dos Amadores da Chamusca, numa das melhores pegas da noite.
Francisco Montoya do Aposento da Chamusca, na pega que ganhou o prémio do concurso de pega.

Sem comentários:

Enviar um comentário