segunda-feira, 22 de abril de 2013

Quiebros e Chicuelinas no 2ºConcerto Tauromáquico da Associação Filarmónica da Nazaré.



 Momento da actuação da Banda da Associação Filarmónica da Nazaré, o Maestro José Maria Pequicho em primeiro plano.

O Teatro Chaby Pinheiro no Sítio da Nazaré (Nazaré), recebeu na noite de dia 20 de Abril o 2ºConcerto Tauromáquico organizado pela Associação Filarmónica da Nazaré, com a Banda da mesma associação a tocar pasodobles tauromáquicos perante uma plateia recheada de aficionados e intervenientes ligados à Festa Brava como foram os casos do cavaleiro Marco José,  Joaquim Bastinhas fez-se representar por uma pessoa próxima e também com a presença dos Grupos de Forcados Amadores de Alenquer e Aposento da Chamusca, do cornetim José Henriques e do director de corrida Nuno Nery.

O blog tauromáquico Quiebros e Chicuelinas esteve à conversa com o cavaleiro Marco José, o qual nos falou sobre as expectativas para a nova temporada tendo dito que a preparação para esta temporada está correr bem e que seja a linha de continuidade depois da boa temporada que realizou na temporada passada recheada de bons triunfos afirmando também que vai fazer debutar cavalos na temporada de 2013.
Em relação ao Concerto Tauromáquico, Marco José mostrou-se sensibilizado com o convite falando do carinho que sente por tourear na Nazaré, uma praça que foi decisiva no inicío da sua carreira e falou também sobre o concerto mostrando-se satisfeito por assistir a uma espectáculo em que se ouve pasodobles e que muito tocam aos cavaleiros.

Os convidados agradeceram o convite da Associação Filarmónica da Nazaré, realçando o trabalho da mesma em prol das corridas de toiros na Nazaré e pelo país fora, e sobre as gentes da Nazaré que com carinho falaram sobre a maneira particular como os nazarenos recebem os intervenientes da Festa Brava.

 Foto:Bruno Paparrola (Quiebros e Chicuelinas).

Sem comentários:

Enviar um comentário