segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Não trabalhamos para troféus mas sim para o público aficionado


Entrevista: Empresário João Pedro Bolota da empresa Aplaudir Lda, falou para o nosso blog sobre diversos temas relacionados com a tauromaquia.



Uma reportagem de Bruno Paparrola e Joaquim José Paparrola



Blog: Quiebros e Chicuelinas - Como decorreu a temporada taurina nas praças que a empresa Aplaudir tem de momento a sua consessão, e quais os momentos mais relevantes das mesmas?


João Pedro Bolota - A temporada correu bem em termos tauromáquicos. Bons cartéis, bons toiros, sucessos e êxitos tal como a festa necessitam. Em termos de público nalgumas praças tivemos uma diminuição em relação ao ano passado e noutras que gerimos pela primeira vez a marca Aplaudir fez efeito e obtivémos boa recepção de público. Não queremos destacar momentos nessas praças pois em todas existiram êxitos a todos os titulos importantes. Fechámos a temporada ajudando os Peticionários “EM DEFESA DA FESTA BRAVA” e como todos sabem foi um sucesso inolvidável em prol da nossa cultura e tradição. Também cometemos os nossos erros e por isso procuraremos evitá-los para a temporada que vem. Mas é gratificante ser considerado por alguns orgãos de Cumunicação Social, pelo terceiro ano consecutivo, a melhor empresa tauromáquica. Não trabalhamos para troféus nem para prémios mas sim para o público e para defender a Festa mas o reconhecimento desse trabalho ajuda-nos a ganhar animo e acresce-nos a responsabilidade de manter o mesmo nivel.



Blog: Quiebros e Chicuelinas - É dificil organizar uma corrida de toiros? O que é necessário para a mesma, (ver toiros no campo, falar com cavaleiros etc, etc), pode explicar-nos já que muita gente não sabe o trabalho que isso acarreta!




João Pedro Bolota - Cada vez é mais dificil organizar uma corrida de toiros. É um espetaculo caro de montar e nunca sabemos como reagirá o público. A crise é grande e faz delinear estratégias para o futuro, Não é só comprar toiros e contratar artistas. A publicidade, a divulgação, a escolha de parceiros, as datas certas têm muita importância. Veja que na Nazaré este ano fomos prejudicados com duas transmissões de Corridas de Toiros ao sábado á noite, dia tradicional das corridas na Nazaré... Também o futebol é o pior inimigo da Festa Brava pois as tranmissões na TV seja em canal aberto ou fechado faz com que muita gente fique a ver o seu clube em casa ou nos cafés. Também na Nazaré por duas vezes jogou o Benfica e numa delas com o Porto, ao sábado á noite... Por isso veja que há muita coisa a ponderar para se organizar uma corrida. Tem de haver profissionalismo aliado à sensibilidade e conhecer bem cada uma das regiões ou concelhos onde se situam as Praças.



Blog: Quiebros e Chicuelinas - Que tem a dizer sobre a contestação que a festa brava tem sido alvo por parte dos anti taurinos?



João Pedro Bolota - A contestação não nos aflige. Quanto mais se manifestam mais nos unem a todos! Nós da Tauromaquia estamos dentro da Lei porque ela permite as corridas de toiros. O que temos é de estar unidos e explicar que os argumentos dos “anti-touradas” são falsos e baseados em mentiras.O que eles querem não é defender os animais é pôr toda a gente a comer comida vegetariana. Importam modas doutros países que nada têm a ver com a realidade portuguesa. Nas próximas eleições presidenciais iremos ver realmente quantos são os que são contra as touradas pois apresentaram como candidato o célebre Defensor de Moura o ex-Presidente da Câmara de Viana do Castelo que fechou a Praça de Toiros. Veremos quantos nele votam. Do nosso lado temos Manuel Alegre que habitualmente está nas barreiras das arenas portuguesas e Cavaco Silva que no passado já demonstrou ser a favor. Por isso somos maioria.



Blog: Quiebros e Chicuelinas - A empresa já tem algum toureiro contratado para 2011? O que se pode esperar da Aplaudir na próxima temporada?


João Pedro Bolota- Temos já contratado o Diego Ventura, primeira Figura Mundial para duas corridas, uma em Santarém e outra no Montijo mas poderá vir mais uma ou duas vezes dependendo das Praças de Touros com que venhamos a ficar.E uma garantia temos da parte do Diego: o cavalo Morante só sairá em Portugal para tourear, em Santarém!

Sem comentários:

Enviar um comentário