sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Tauromaquia: Paulo Jorge Santos chegou forte ao público da Nazaré




Onze de Setembro marca o fim da época Taurina nesta vila


Bruno Paparrola *Realizou-se no passado dia 21 de Agosto na Praça de Toiros do Sítio da Nazaré, mais uma corrida de toiros da temporada 2010. O cartel foi composto pelos cavaleiros Rui Salvador, Paulo Jorge Santos e Manuel Telles Bastos. Pegaram os seis toiros da ganadaria eng.Jorge Mendes, os grupos de forcados amadores de Santarém e Montemor.
Abriu praça o cavaleiro Rui Salvador, que teve uma lide afectada devido a um toiro de má qualidade, sem força, que não permitiu que o cavaleiro de Tomar explanasse o seu melhor toureio. Rui Salvador esforçou-se ao máximo para dar alguma lide possível a este primeiro. No seu segundo deu para ver o seu melhor toureio, esteve bem na construção das faenas como na altura da sorte, e terminou a sua lide sob enorme ovação, por toda a categoria que o cavaleiro deixou na lide do seu segundo toiro.
O segundo toiro foi lidado pelo cavaleiro Paulo Jorge Santos, que demonstrou enorme vontade de triunfar, teve bons momentos de brega, elegeu bem os terrenos para a cravagem das bandarilhas. Teve uma primeira lide bastante positiva.
Manteve o nível na sua segunda lide, esteve ligado ao público que vibrou com as duas faenas, mostrou bom toureio e sem dúvida foi um dos triunfadores da nocturna de 21 de Agosto. Os toiros que o cavaleiro Paulo Jorge Santos lidou saíram à sua medida, para puder triunfar. Paulo Jorge que tem feito carreira por Espanha e França, onde nalgumas ocasiões tem sido triunfador.
O terceiro do lote foi lidado pelo cavaleiro Manuel Telles Bastos, que executou uma boa lide, toureia de uma maneira que ao longo dos anos tem sido apanágio da família Ribeiro Telles, um estilo clássico que chega muito bem aos aficionados. Esteve bem na marcação dos tempos da sorte, na eleição dos terrenos e na hora de cravar a ferragem esteve irrepreensível.
Deu seguimento à excelente actuação que teve na corrida de Albufeira No que se refere às pegas, a primeira da noite esteve a cargo de Antónia Imaginário do grupo de Santarém, que efectuou uma pega segura, à córnea. A segunda pega da noite foi executada pelo forcado António Vacas de Carvalho do grupo de Santarém, que fez uma pega sem muitas dificuldades. Pega executada à córnea. O terceiro toiro da noite foi pegado pelo forcado João Góis do grupo de Santarém, que executou uma boa pega fechando-se à barbela.
A quarta da noite foi executada pelo forcado de Montemor, Noel Cardoso, que fez uma excelente pega à barbela. A quinta pega da noite esteve a cargo do forcado Joaquim Pedro Torres do grupo de Santarém. Fez uma pega segura fechando-se à barbela.
A última pega da noite foi executada pelo forcado Frederico Caldeira do grupo de Montemor, que fez a pega da noite fechando-se com unhas e dentes à barbela.
Em declarações exclusivas ao Região da Nazaré, Rui Salvador disse “o primeiro toiro não correspondeu ás minhas expectativas, foi um toiro difícil e tentei dar o melhor, no segundo já consegui ter um toiro à minha medida para triunfar”. No dia 5 de Setembro pelas 17 horas, realiza-se o espectáculo cómico- taurino “El Bombero Torero e seus Anões Toureiros”. No dia 11 de Setembro pelas 22h15 realiza-se a corrida de toiros inserida nas festividades em Honra de Nossa Senhora da Nazaré, naquele que será o regresso do toureio há Nazaré. O cartel será composto pelos cavaleiros Manuel Caetano, Duarte Pinto e o matador de toiros idolatrado de “Rei das Bandarilhas”, Luís Vital “Procuna”. Os dois grupos de forcados que irão pegar toiros das ganadarias, Casa Prudêncio, Campo Peña, Branco Núncio, Infante da Câmara e António Silva, serão os de Alcochete e Caldas da Rainha capitaneados respectivamente pelos cabos Vasco Pinto e Nuno Vinhais. Com Joaquim José Paparrola.

Sem comentários:

Enviar um comentário